atributos do homem_poucas_palavras

 

Às vésperas de um novo ano, nada mais normal do que fazer um balanço de vida levando em conta os últimos meses. O padrão é levar em conta as conquistas e fracassos do ano e chegar a uma conta final. Mas, na verdade, pouco importa detalhes como o dinheiro que ganhou, os avanços profissionais, as conquistas amorosas — o tempo haverá de incluir esses fatos num conjunto homogêneo que é sua própria história de vida.O importante é olhar para trás e observar que você praticou alguns princípios fundamentais que formam a estrutura principal do homem. Veja alguns deles.

1- Ter idéias

Você desenvolveu alguma reflexão própria sobre a condição humana no planeta? Sobre a sociedade, o comportamento e a cultura do seu ambiente?

2- Questionar

Ser homem é questionar: leis, padrões sociais, regras, ideias pré-formadas e até tradições. Se não houvesse questionamentos, estaríamos ainda queimando bruxas em praça pública.

3- Pensar no presente

O bom senso vigente prega que devemos pensar no futuro. Mas o que existe mesmo é o presente. Se você pensa só no seu futuro profissional, futuro amoroso, futuro familiar, não está, na verdade, encontrando soluções e, sim, problemas. O seu problema, e da humanidade, é basicamente o presente.

4- Manifestar-se

Se é bom ter ideias e ideologias, melhor ainda se você consegue manifestá-las. Não vale fazer comentários no Facebook ou nos blogs da vida. Manifestar-se é consolidar com ações efetivas, no trabalho ou na sociedade, aquilo que você pensa e acredita.

5- Impor-se

Não adianta você ser só mais um. Um cara padrão, sem personalidade, que apenas soma-se a uma massa uniforme de pessoas ou profissionais. Você tem que se destacar pelo que é, seja de maneira a favor ou contra. O homem que não se impõe não é nada.

6- Desenvolver-se

O desenvolvimento não é subir na carreira, melhorar seus índices esportivos ou aumentar sua lista de conquistas amorosas. É evoluir intelectualmente, adquirindo mais maturidade, capacidade de reflexão e visão abrangente sobre as questões da vida e da morte.

7- Gostar

É preciso ter seus próprios gostos e não adquiri-los de um padrão vigente. Você realmente gosta de passar os feriados numa praia lotada, depois de pegar nove horas de trânsito na estrada? Ou será que você dançar um tango no clube de dança da esquina?

8- Adaptar-se

A vida é transformadora. E é preciso se transformar também, adaptando-se às variáveis. Isso não significa comprar a última versão de um celular. Significa, por exemplo, você ser capaz de adotar o transporte público, largando o carro em casa.

9- Reagir

A capacidade de reação aos desafios é essencial aos homens. Não confunda com o termo “reacionário”. Reagir é dar resposta imediata e adequada às imposições e opressões da sociedade. Reagir é reivindicar seus direitos, é não aceitar os desmandos que a sociedade cria a todo momento. Você não pode assistir passivamente a uma injustiça social, a uma ameaça ao bom senso, a qualquer tipo de discriminação e preconceito. Reaja.

10 – Condescender

A capacidade de aceitar o outro mesmo que não haja concordância. A condescendência, ou seja, a tolerância com o comportamento e ideias alheias, é essencial. Em outras palavras, gentileza.