homem_feliz_poucas_palavras

 

Ter dinheiro, ser reconhecido profissionalmente, transar com mulheres lindas, casar com a melhor de todas, ver seu time campeão e mandar bem no seu game favorito. Esses são, basicamente, os geradores da felicidade do homem moderno. E quem tiver a receita para conquistar essa condição, que faça bom proveito — ou escreva um livro de auto-ajuda. No entanto, há algumas atividades acessórias que podem melhorar o nível de satisfação de qualquer ser que vista calças compridas a maior parte do tempo. E assim, tornar a vida um pouco mais “tragável”. Confira:

1- Ande a pé

Pequenas caminhadas, substituindo o carro ou o transporte público, podem produzir boas sensações. Sentir a vibração da cidade, conhecer ruas e praças agradáveis, olhar as meninas, tomar um chopp na esquina. Conheça a vida do bairro em que mora. À noite, então, é melhor ainda. Se você cansar, esqueça. É melhor procurar um médico.

2-  Conte e ouça piadas

Se você é daqueles que não consegue rir com nenhuma piada, nenhuma mesmo, é porque quem não tem graça é você. Uma boa piada pode te levantar o astral. Mas por favor, não repita sempre a mesma por anos a fio.

3- Leia livros

Livros de literatura, ou não, podem produzir um prazer inigualável. É verdade que, hoje em dia, ninguém gosta de ficar horas diante de um maço de papéis, mexendo os olhos. Se você é um deles, insista. Na pior das hipóteses, vai sentir sono e dormir também faz um bem danado.

4-Viaje

Mas não essas viagens de turismo barato em que se faz de tudo para reproduzir as mesmas situações que você vive em casa. Procure lugares exóticos, diferentes, para expandir seus limites e ter novas sensações. Se, no entanto, você perguntar o que está fazendo numa canoa chinesa embaixo de uma tempestade gelada na fronteira com a Mongólia, não aceitamos reclamações.

5-  Conviva com a família

As relações com pais, irmãos, primos e tias dão qualidade emocional e proporcionam conforto e segurança. São uma garantia de bem-estar e satisfação na vida. Se, no entanto, na sua família já existir primos chatos e irmãos mala, esqueça esse conselho.

6- Faça visitas-surpresa

Que tal você ser uma surpresa? Proporcionar um momento agradável, aparecendo de surpresa na casa de amigos, pode ser muito satisfatório. Pelo menos nos primeiros minutos. Por isso, o conselho estende-se: seja rápido. Não aceite nada para beber e vá embora sem deixar muitas explicações.

7- Beba

Historicamente, o ser humano sempre precisou de um drinque de vez em quando. Nossos ancestrais faziam isso mesmo sem ter as opções que temos hoje. E cá estamos. É bom sair um pouco da realidade opressiva e se entregar a uma experiência sensorial diferente. Em outras palavras, encher a cara, pisar o pé na jaca. Nesse momento, claro, cabem aquelas frases feitas, politicamente corretas: beba com moderação, se beber não dirija e evite as bebidas falsificadas.

8- Durma bem

Muita gente não tem tempo para dormir longa e profundamente. De vez em quando, é bom tirar um dia para dormir sem se preocupar com o horário. E se você argumentar que melhor mesmo é dormir bem acompanhado, a melhor resposta é: você tem toda a razão.

9- Jogue bola

Esse negócio de ficar vendo jogo de futebol pela TV, prostrado no sofá com uma latinha de cerveja quente na mão, cá entre nós, tem limite. Seja você o jogador de vez em quando — todo homem sabe como chutar uma bola, ainda que o destino dela seja incerto. O futebol pode ser mais do que um esporte — uma atividade para driblar as angústias, dar prazer, estabelecer convivência com os amigos e até enganar a fome (!).  Mas se você se arrebentar tentando dar um bicicleta, lembre-se do item 4:  não aceitamos reclamações.

10 – Respire ar puro.

Isso é legal, também. Ir para uma montanha ou ao litoral, mesmo que seja por algumas horas, e respirar ar puro faz um bem danado. Revigora e dá uma sensação de plenitude… Se a idéia não te agrada e parece um pouco natureba demais, faço o contrário. Fume um bom charuto cubano. A sensação é a mesma.